Total de visualizações de página

quinta-feira, 7 de abril de 2011

AMEI-TE MAIS QUE A MIM.

Dei-te os meus dias, e desde sempre fui sua. Quis-te com a serenidade de uma chuva de verão, e satisfiz-te em todos os desejos que ousou pensar. Nas horas turbulentas, ouvi-te calada, aflita, pronta a fazer-me colo, e nessas horas conheci tuas impossibilidades. Assim, fiz-me teus sonhos, e sonhei tuas vontades. Amei-te mais que a mim...
Desprezando a voz da razão, amei-te mais do que pude, e menos do que queria...Porém, de nada valeu a ti o meu querer, pois migraste para outro coração. Se é que um dia pousaste no meu... Só eu amei e bem mais que a mim. Só eu amei!
Sangra-me o coração, e a saudade mata-o aos poucos. Dele se esvai a vontade de viver. Hoje, sei que fiz do ermo um paraíso, sobre o abismo fiz nuvens, e no espaço vazio escrevi-te as mais doces poesias! Nessas demonstrei o que de mais precioso existe em mim: a maneira incondicional de te amar mais do que a mim.
Minha vida boceja nas horas que não passam... Ah! Tempo preguiçoso. Sinto-me seca como um manancial que somente alimentou, sem receber nenhuma provisão. E meus olhos são janelas vazias, sem reflexo. Janelas abertas por onde entra uma chuva fina, temporã, lavando a alma. As lavas explosivas de outrora, agora se fazem borralho e cinzas apenas. Ponho-me em total desamor e a tristeza que fica, parece-me muito maior do que o meu coração pode suportar.
Marly Bastos

6 comentários:

  1. Adorei, menina!

    Lindos seus textos ;*

    ResponderExcluir
  2. Já amei alguém mais do que a mim, e juro que não vale a pena, a gente não merece isto!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Amei!!!! Lindo texto. Real, vivido por muitas mulheres nesse mundo! Parabéns amiga!Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olá, poeta Marly! Um texto muito indo e sentido! às vezes amamos o ser errado, mas o amor é nosso, o damos a quem queremos. Que toda esta intensidade encontre o seu lugar (pessoa certa) e que este lugar, não tarde em descobrir-te. Lindo! Parabéns!

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Para AMARMOS bem e de forma verdadeira antes de mais nada é preciso amarmos a nós...
    Sempre que amamos o outro muito mais que a nós estamos fadados a morrer na beira da praia...
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Malu, "é que sou poeta e não aprendi a amar."
    Brincadeira. É verdade que só estamos aptos a amar quando amamos a nós mesmos.

    ResponderExcluir

Se leu-me até aqui, deixe uma palavreseadinha aqui [blogueiros adoram comentários rsrs]