Total de visualizações de página

terça-feira, 16 de agosto de 2011

NÃO TEMAS TUDO QUE TEMES.



Não tenhas medo de tudo que temes!
Sabe aquelas jogadas de gênio?
Jogue-as pro alto,
Fuja das estrategemas,
Espertezas e sabidices,
Pois nao é sábio ser sabidinho demais...
Seja o que é,
No auge da sua carência,
Da sua emoção,
Do seu medo,
Da sua sinceridade,
Do seu sofrimento... 
Ter medo não evita o sofrer e ainda fica o amargo pelo “se e talvez”,
Mostre a intensidade dos sentimentos;
Cante desafinado, mas abra sua voz;
Fale besteira, mas seja criador da sua história,
Graceje flores, gagueje amores,
E pulse a vida no ritmo do tempo que Deus te deu pra desfrutar.
Não viva o amor em vã filosofia,
Nem como os poetas em devaneio
(que o vive como uma criança em frente a uma vitrine cheia de brinquedos).
Viva o amor sem teorias, sem dilemas, sem sofrimento,
Pois se ele existe, o seu contéudo já está pronto para ser provado
E a sua essência ja é manifestada.
Esqueça as definições, que delimitam seus sentimentos
E cuide da forma de sentir, que seja bem na forma do seu querer.

Marly Bastos

33 comentários:

  1. Uau!!!!
    Simplesmente Maravilhoso!
    E que a gente consiga essa força.

    Quero te agradecer por seu carinho deixado em meu Blog. Você é uma graça de pessoa.

    Grande beijo
    Ani

    ResponderExcluir
  2. Você sempre dá um show!!! Acho que escrevemos quase mesma cosia hoje,tem algumas semelhanças.Saudades de você, estou sumido porque viajei sem o note, com preguiça de carregar peso... e me arrependi. Beijos, bochechudinha.

    ResponderExcluir
  3. Minha nossa! Mas que espetáculo!
    Simplesmente perfeito!
    Se eu fosse resumir seu post em uma única frase seria essa: "Se jogue na vida sem medo de ser feliz!".
    Bjs flor!
    Déia Feminices

    ResponderExcluir
  4. Marly
    Lindo e acho que essa coragem da gente de não temer mais o medo, chega com a maturidade, Excentuando o fato de não querer ser ridícula, atualmente me jogo a tudo, sem medo de ser feliz, sem lenço e sem documento, sem receio de estar só dizendo clichês, pq são esses clichês que realmente falam por nossos corações.
    Texto "energético", tipo red bull, que põe a gente lá em cima, nas alturas. Amei, minha linda e querida amiga! Bjkas com carinho!

    ResponderExcluir
  5. Marly, arrasou! Muito bom o texto, vejo uma linda poesia! Quanto ao amor? Vivamo-os!

    Abração; adorei.

    ResponderExcluir
  6. É mesmo isso viver na nossa inteira simplicidade e ser feliz... Perfeito!

    Bjoss

    ResponderExcluir
  7. Muito bonito, Marly. Para vencer o medo, nada melhor do que enfrentá-lo de vez. Um beijo!

    ResponderExcluir
  8. Também não gosto de armaduras, de dissimulações, de meias verdades. Ser eu já me dá tanto trabalho, imagina ainda ter que fazer figuração?

    Rs

    Dois beijos.

    ResponderExcluir
  9. pronto... kkk
    agora estou no blog certo.

    ResponderExcluir
  10. Algumas pessoas vivem atrás de mascaras, falta de coragem para mostrar aos outros o que realmente é... Beijos

    ResponderExcluir
  11. Ma..a adorei: Não é sabio ser sabinho demais..

    Viva o amor sem teorias, sem dilemas, sem sofrimento,
    Pois se ele existe, o seu contéudo já está pronto para ser provado
    E a sua essência ja é manifestada.
    Esqueça as definições, que delimitam seus sentimentos
    E cuide da forma de sentir, que seja bem na forma do seu querer.

    Vou me candidatar a ser a presidente do seu fã clube!!

    bj

    ResponderExcluir
  12. Oi..Marly, boa noite!
    ...como comentou do meu card...(fiz um pra voce e outro pra Marilene) Apenas com parte do seu texto...quase uma frase, não daria todo ele. (mas foi com carinho e tb aproveitei que estou aprendendo,por isso te perguntei dos selinhos e tal, mas tb não sou chegada neles pq às vezes, vem cheio de perguntas e tals) Prefiro assim sem precisarresponder nada. Então fiz, é um cartão viu! Beijos
    aki está o endereço no blog:
    Fica lá em presentes:
    http://kantinhodenil.blogspot.com/p/cartao-para-amigos.html

    ResponderExcluir
  13. Oi Marly, tudo bem?
    Lembrei-me da maravilhosa música da Rosana Arbelo: "... mejor vivir sin miedo!"
    Texto muito bom!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  14. Olá querida Marly,
    Lindo poema, com sábia mensagem reflexiva.
    O medo, quando não está dentro do parâmetro
    aconselhável, nos paralisa e nos impede de viver
    com plenitude.
    De fato, ter medo não vai impedir o sofrimento e poderá provocar frustrações pelo que não foi vivido.
    Beijokas adocicadas.

    ResponderExcluir
  15. Boa noite minha linda amiga. Passando por aqui para ler tuas postagens maravilhosas. O medo é um dos piores sentimentos que o ser humano pode ter e pode causar estragos em nossa vida. Um grande beijo. FIQUE COM DEUS. Obrigado pela visita em meu diário.

    ResponderExcluir
  16. Medos ...quem os não tem...
    Vencê-los...tarefa continua.
    Ser sábio é saber viver, aceitar os medos e fazer deles bons conselheiros.

    "Graceje flores, gagueje amores"

    Será esta a solução e a cura...?

    ResponderExcluir
  17. nem mais...
    "esqueça as definições..."

    grande, e acertado conselho!
    bjnho
    retrato

    ResponderExcluir
  18. Minha menina,
    Eu gostaria fazer sempre com diz seu texto, mais às vezes o medo é forte e ainda assim não posso evitar o sofrimento.
    Não gosto de mascaras, mais não conheço ninguém que não tenha alguma ficada no seu armário.
    Não gosto de mentiras, mais tampouco falo muito das minhas verdades, eu calo boca, é melhor. Se alguém pergunta eu respondo, mais nunca dou a resposta adiantado.
    Uma coisa sim que eu faço: esqueço definições, meus sentimentos são ilimitados.
    Sou bicho raro, eu sé!
    Beijos e abraço grande pra você.

    ResponderExcluir
  19. Olá Marly
    A melhor forma de viver, e nos assumirmos como somos, com nossos medos e coragens, nossos limites e nossa força.
    Bjux

    ResponderExcluir
  20. As vezes tememos muitas coisas que nem são tão temíveis assim, e nem devemos mesmo nos tornarmos tão espertos nessa vida...grande beijo de bom dia pra ti querida.

    ResponderExcluir
  21. Amei teu texto! É bem isso mesmo! Gostei da intensidade das palavras!
    Gostei tb da forma como vc escreve, posso ir ficando por aqui?

    Deixo sorrisos pra vc :)

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Conheci teu blog agora e AMEI!
    Já estou seguindo :)
    Parabéns!
    Beijoca

    http://relatosedescobertas.blogspot.com passa lá e se gostar, segue também!

    ResponderExcluir
  23. Formidável Marly!.. Não temer e vivenciar todos os momentos.. sejam eles quais forem!

    Um beijo imenso em seu coração..
    Verinha

    ResponderExcluir
  24. oi querida,

    o medo nos impede de ver
    onde a felicidade se encontra,
    e aí sofremos sem nenhuma
    necessidade...
    adorei,amiga!

    beijinhos

    ResponderExcluir
  25. Olá Marly, belo texto...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  26. olá Marly

    que fofura..que ternura

    aqui encontrei o paraiso.

    Amo

    beijokas!!!

    ResponderExcluir
  27. Marli, o teu espaço está cada vez mais lindo, cada vez mais perfeito,sabia que refletimos o nosso interior em tudo que fazemos em nossas vidas?
    Então posso te dizer que você é gatissima, por dentro e por fora, deixando o teu blog com um ar totalmente felina!
    Poderia te chamar de a mulher gato, no entanto, no filme do Batman ela faz papel de má e bandida, então não achei legal, mas vou te chamar de simplesmente "Marli a gatona poetisa!"
    Ei Marly vou te confessar, eu tenho muito medo de interpretar poesias, pois tais subjetividades me dão um nó danado, em meu cerebro!rsrsrsrsrs
    Mas vou te falar , o que entendi deste belo texto!
    Foi uma sacudida tremenda, quando a lí visualizei você me chacoalhando e dizendo, acorda rapaz!
    Deixe de ser cagão! Faça a sua vida acontecer, não se limite tanto, com banalidades!
    Marly , saudades do teu espaço, vejo que perdi muitas coisas boas da vida, no entanto, não vou te deixar em paz, estarei voltando aos poucos!
    Tentando absorver um pouco da tua cultura e forma, relevante de percepção da vida!
    Valeu e obrigado por sempre estar interagido comigo, sou da opinião que as pessoas que interagem umas com as outras são as mais interessantes!

    Marly,

    ResponderExcluir
  28. «Viva o amor sem teorias, sem dilemas, sem sofrimento,
    Pois se ele existe, o seu contéudo já está pronto para ser provado
    E a sua essência ja é manifestada.»

    A vida é para ser vivida intensamente em toda a sua plenitude!... Belissimo o teu texto!!!


    Meus beijos...
    AL

    ResponderExcluir
  29. Amore,
    Não sei se vc curte selinhos, mas ganhei um e escolhi vc pra ganhar também. Está lá no Amadeirado na página "Selos & Cia". Chama-se: "Esse blog me tira do tédio". Fique à vontade de ir lá apanhá-lo e repassá-lo. Bjkas com carinho!

    ResponderExcluir
  30. Boa noite, Marly. Maravilhoso, sensacional!O que dizer sobre você?
    Sempre com poemas, textos que nos fazem refletir, com tamanha beleza e profundidade.
    Espero sempre que a sinceridade escorra pelos seus poros delicados e dilatados grandemente em harmonia com o seu ser tão encantador, sensível, e por vezes solitário.
    Você tem em mim uma amiga, pode estar certa, que te gosta muito, e com intensidade!
    Um beijo grande no coração!!!!!!!!!!!!!
    Fique com Deus, e excelente quinta para você, e finzinho desta quarta!

    ResponderExcluir
  31. Boa noite minha bochechinha Linda!
    Gostei imensamente do seu desenrolar,nos convida sempre a voltar,pq vc escreve demais menina...eu sou sua fã de carteirinha...e vc sabe muito bem...
    Bjssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  32. querida marly,
    o medo é apenas a consciência das grandes decisões.
    beijinho!

    ResponderExcluir

Se leu-me até aqui, deixe uma palavreseadinha aqui [blogueiros adoram comentários rsrs]