Total de visualizações de página

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

MUNDO DE POESIA



No meu mundo de poesia,
Não há limites pra fantasia...
Nele eu tenho miragens,
Crio e recrio imagens.

Tudo, são portas que se abrem,
 
Entrada ou saída, dali ou d’além...
Na realidade , e as vezes  sonhando,
Flutuo na rima, com o coração dançando.

Sou alma presenteada ao sentimento,
Amor, saudade, alegria e tormento,
Do coração, o constante alimento.

Versos que parecem fáceis, fluentes...
De amores e dores são vertentes,
Entoando aquilo que (não) se sente,
Gritando a dor às vezes inexistente...

A poesia às vezes sai espremida,
Quando a vida se sente contraída,
De medo, de amor ou de prazer,
Mas, só assim se pode viver.

Poesia é sonho irrealizado,
 
É amor não encontrado,
É o mundo recriado...


 Marly Bastos


14 comentários:

  1. sem poesia nao poemos viver

    vida é um poema né?

    nois temos vida

    Amo tudo.. bebo suas letras...

    beijos doce noite!!

    ResponderExcluir
  2. "Poesia é sonho irrealizado,
    É amor não encontrado,
    É o mundo recriado..."

    linda definicao pra poesia, amiga,
    talvez a mais bela que já vi!

    ResponderExcluir
  3. Marly, querida,
    Ao ver você delineando as emoções do poeta/poesia lembrei-me de uma frase de Fenando Pessoa que diz:
    "O poeta é um fingidor, finge tão completamente
    que chega a fingir que é dor a dor que deveras sente".
    Creio que o mundo da poesia é um mundo mágico.
    Gostei demais!
    Beijos, com um toque de poesia.

    ResponderExcluir
  4. Marly
    Estou adorando o novo blog!
    "No meu mundo de poesia,
    Não há limites pra fantasia...
    Nele eu tenho miragens,
    Crio e recrio imagens."
    Como não sou poeta, acabo me aproveitando dos versos lindos que minhas amigas escritoras, esbanjando talento e inspiração escrevem....
    Crio e me recrio nas suas belíssimas poesias.
    Beijos iluminados para essa moça linda!!!

    ResponderExcluir
  5. Concordo com a Cris... uma das mais belas definições de poesia que já vi!

    "A poesia às vezes sai espremida,
    Quando a vida se sente contraída,
    De medo, de amor ou de prazer,
    Mas, só assim se pode viver..."

    e a poesia nos dá asas pra voar acima de qualquer aperto...

    Um beijo, Marlyzinha!!

    ResponderExcluir
  6. Oi! Sabe o que eu acho, Marly? Aê, vai vendo: Eu acho que quando vai ao meu blog me mima demais [sorrio]; eu gosto. E em seu ser tudo vira poesia, seja espremida ou folgada. Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Olá Marly
    O poeta deixa transparecer sua alma e seus delírios, em seus poemas. É uma forma de desnudar-se para o mundo.
    Bjux

    ResponderExcluir
  8. Muito lindo, Marly. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  9. Parece-me que consegue facilmente exprimir-se numa linguagem poética.
    Parabéns. Nem todos tem esta qualidade.
    Aproveite para construir boas mensagens que ajudem as pessoas a viver bem e a serem amigas.

    ResponderExcluir
  10. Sem poesia não há coração, não há alma,,,e nem sentimentos,,,super beijo de lindo dia pra ti querida...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  11. Marly, tem um selo comemorativo dos 300 seguidores para você no blog. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  12. Que lindo o teu olhar sobre a poesia...que inspirador!

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  13. No mundo da poesia está o desabrochar das palavras que nunca se termina...
    Bjs minha linda de coração tão orvalhado...
    Bjssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir

Se leu-me até aqui, deixe uma palavreseadinha aqui [blogueiros adoram comentários rsrs]