Total de visualizações de página

segunda-feira, 20 de abril de 2015

ENVIESADA


 
Imagem da Web

Sim eu sou mulher!
E às vezes me sinto condensada dentro de um frasco de poesia
ou espremida num saco de incertezas. 

Sou de parir lágrimas de amor,
mas também sei cultivar um espinhal que fere doído.
Eu sou mulher e por isso lacuno meus medos,
deixo meus desejos navegarem sem fronteira
e sou capaz de ocultar as chagas das tristezas que a vida impõe.

Confabulo um chamego e um cafuné, e me deixo transbordar de amor.
Às vezes sou gata no cio, que exige, que arranha e que toma tudo...
Ou gata dengosa que só quer aconchego, espreguiçar languidamente
e ficar observando o mundo com olhar profundo.
E me dou ainda ao prazer de ser gata felina,
que vai à caça, e luta pelo rato de cada dia.

Sou contradição, sou lógica!
Sorrio chorando, choro sorrindo.
Sou suave mesmo num vendaval
ou furiosa como um bouquet de rosas vermelhas.

Vivo loucuras sentidas e despudoradas,
também sou formada de verdades benditas,
palavras edificantes e carícias curadoras.

Sou sim, capaz de esfaquear verdades, arrancar pedaços de mentiras,
costurar sentimentos no tempo e lamber lentamente minhas tristezas.
Minhas palavras têm personalidade própria
e elas mostram que sou muito humana e deveras enviesada.

Marly Bastos

29 comentários:

  1. *Marly Bastos*#, você não é poetisa. Você é poesia. Que lindo esse sentimento felino no seu poema. Você é um doce.
    Doce beijo para uma doce amiga
    Manoel

    ResponderExcluir
  2. Olá minha poetisa favorita. Bom dia!
    Achei interessante a alusão que fez entre suas atitudes com a dos felinos.
    Concordo que suas palavras tem personalidade própria, elas são muito suas.
    Bom final de semana parceira.

    => CLIQUE => ESCRITOS LISÉRGICOS...

    ResponderExcluir
  3. Meus sais hein Marly??? PLOFT!!!!!!

    Vieste com tudo neste início de ano. Arrasando nesse poema lindíssimo. aliás um dos mais bonitos e bem construídos que já li.

    Sabe cara mia, lendo teus versos, senti uma brisa pefumada de Quintana e o alarido pulsante de Drummond.

    Vc é fera!
    bacios GATONA!

    Ah, tem fornada quentinha no Quiosque, passa lá depois.

    LU C:)

    ResponderExcluir
  4. Oi Marly,

    suas palavras tem mesmo uma personalidade própria! Você é puro sentimento, vitalidade e verdade.
    Feliz por voltar aqui.

    Beijos

    Seus "fofinhos" são lindos!

    Leila

    ResponderExcluir
  5. Nossa, que intenso!
    Pode crer que eu concordo e me vi em muitas frases aí.
    um bjo, Marly.

    ResponderExcluir
  6. Minha querida

    dentro de nós somos tantas e por vezes tão diferentes, tanto podemos ser raio e trovão como onda calma e maresia suave.
    Lindo como sempre ler a tua alma e desejo que 2013 te cubra com o manto do amor e paz.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  7. Minha querida Marly,

    Dualidade, teu nome é MULHER...e vamos de um extremo a outro, nos descabelando ou em calma deslizando...singrando mares bravios ou passeando em calmas e radiosas manhãs.
    Mas dentro de nós mora sempre um anjo e uma criança carente de doçuras e carinhos.

    Uma Feliz Noite de Reis,
    Leninha

    ResponderExcluir
  8. Vi na sua poesia o retrato da verdadeira mulher, grande e forte mulher! abraços

    ResponderExcluir

  9. Olá querideza,

    Este é um perfil de uma mulher de verdade. Sabe que a vejo assim?
    Adorei esta construção: "Sou sim, capaz de esfaquear verdades, arrancar pedaços de mentiras,
    costurar sentimentos no tempo e lamber lentamente minhas tristezas". (Chique demais!rsrs).

    Beijão.

    ResponderExcluir
  10. Você pode ser tudo sem perder sua essência perfumada e verdadeira. Por todas as trilhas onde passar será reconhecida pela autenticidade e pela sensibilidade. Com as palavras, é especialíssima. Consegue traduzir com grande e aplaudível beleza os sentimentos. Muito lindo! Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Tu és uma linda mulher que corre com lobos...

    Ótima semana para você!

    ResponderExcluir
  12. http://veterinariosnodiva.com.br/books/MULHERES_QUE_CORREM_COM_OS_LOBOS.pdf

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Will, obrigada pelo arquivo enviado e já baixei para ler.
      Quem quiser tá aí o link do livro,que havia tempos queria adquirir. Eu adoro ter um livro em mãos e gosto de cheirá-lo também[rsrsrsrs]mas a modernidade exige que esse vício de livro impresso seja substituído.
      Gracias!

      Excluir
  13. mulher felina... upsss, adoro felinos.

    Marly,
    a mulher tem o dom da personalidade para cada momento.
    a mulher é o "ser" fortaleza mas também o "ser" frágil.
    a mulher é talvez o único "ser" capaz de interpretar o coração.
    a mulher provoca sofrimento mas também sofre e é a que sente mais que tudo e que todos.
    a mulher é sensibilidade.
    a mulher é sensualidade.
    todos nós somos muitos num só corpo mas a mulher é a mais completa.

    Marly,
    você é mulher... e um doce...!!

    bj...nho

    ResponderExcluir
  14. Nossa MARLY,

    não deixou pedra sobre pedra, não deixou para ninguém, falou disse e carimbou mais um dos seus passaportes de muita inteligência e uma indiscutível facilidade para transformar, numa postagem lindíssima como esta,tudo aquilo que de dentro do seu âmago implode em verdades francas de uma mulher que muito admiro.

    Excelente!

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  15. MARLY,

    você não deixou pedra sobre pedra, não deixou para ninguém,falou, disse e carimbou mais um dos seus passaportes de uma belíssima postagem, com muitissima inteligência e indiscutível facilidade para transformar num versejar lindo,tudo aquilo que de dentro do seus mais puros sentimentos enviesados,implodem em verdades contundentes e de uma mulher que admiro muito.

    Excelente!

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  16. Marly que coisa mais linda..
    Tenho uma amiga que fala que mulher sofre.. e que se tivesse outra chance queria nascer homem..
    Eu já sou o contrário.. eu se tivesse que nascer 10 vezes queria as 10 ser muher..
    Por mais que digam que somos confusas, complicadas (e somos rs) mas somos milagres lindo de Deus..
    Eu amei o poema..

    Um beijo mais que carinhoso e uma noite especial viu?

    ResponderExcluir
  17. Fantástico, sensacional e de deixar sem o que falar. Acho que se tentar me vou enrolar em mediocridades por tal apenas direi "tu és talentosa" , parabéns.

    ResponderExcluir
  18. OI MARLY!
    TODAS NOS VIMOS NESTA MULHER TÃO BEM DEFINIDA EM TUAS PALAVRAS, COM SUAS CONTRADIÇÕES LÓGICAS E QUE COM CORAGEM, ESFAQUEIA VERDADES E TIRA PEDAÇOS DE MENTIRAS...
    ADOREI, AMIGA.
    ABRÇS
    http zilanicelia.blogspot.com.br/ClickAQUI://

    ResponderExcluir
  19. Minha bochechinha rosada !!!!!!
    Neste novo ano que está a começar estou aqui para continuar a ler as tuas belas cronicas. Quero te dizer que foi para mim um grande gosto ter convivido contigo durante o ano que passou e tenho a certeza que este convívio continuará cimentando assim esta amizade que nasceu através de palavras...
    bjsssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  20. Adorei a poesia *-*

    Te espero novamente no meu blog !
    Mil Beijos
    www.jeitinhofemininoblog.com

    ResponderExcluir
  21. Oi Marly

    voltei aqui pq te indiquei para um meme literário lá no IMD.
    Qdo puder, confira.

    beijos

    ResponderExcluir
  22. Tudo de bom em 2013: sonhos, lutas e poesia...!

    ResponderExcluir
  23. Marly... senti essa imparável torrente de emoções que percorre o poema... e te percorre numa deliciosa ânsia!

    Beijos,
    AL

    ResponderExcluir
  24. Sublime, Mar+ly, sublime descrição de você no espelho...

    Ótimo final de semana para você!

    ResponderExcluir
  25. Amiga querida,

    Tudo bem? Voltando aos poucos e de forma cada vez mais escassa. Todavia,sempre contigo na lembrança.

    Quanto ao se texto, posso te falar que me enxergo em vários trechos, inclusive em "parir lágrimas de amor". Somos mulheres e intensas, sempre.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  26. Marly
    Amo os seus versos feitos com muita mestria. Nem tenho palavras para definir tanto talento.
    Um
    FELIZ
    ANO
    NOVO

    beijos.

    ResponderExcluir
  27. Olá, Marly.
    Belo texto; não sei se é possível que possamos explicar a gama de sensações e percepções pelas quais passamos e expressamos a todo momento, mas é bem típico dos poetas fazerem isso de forma que faça sentido.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  28. Que show de texto. Maravilha. Uma mulher e muitas nuances. Beijossss

    ResponderExcluir

Se leu-me até aqui, deixe uma palavreseadinha aqui [blogueiros adoram comentários rsrs]