Total de visualizações de página

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

HOJE PARECE DIFERENTE (procurei fazer algo mais alegre, menos "down"...)




Minha poesia hoje amanheceu de saltos altos, 
vagabundeando palavras sensuais, nuas e de sedução,
Se ela escorregar, faz versos no chão.

Minhas palavras estão cheias daqueles risinhos forçados, 
cínicos e sádicos, dando tapas de luvas, beijo mordido,
E em tom dolorido!

Minha idade amanheceu meio ciclo, meio data, meio instante. 
Amanheci momentos que vão e jamais voltarão...
Amanheci rito e celebração. 
Amanheci toda coração!

Minha vida está serelepe, subindo e descendo as escadas andantes, 
que levam às nuvens e desandam nas pedras... Escombros! 
Que vão fazendo minha história,
Entre derrota e glória!

Meu paladar está doce-amargo, provocado pelo encanto e desencanto. 
no corpo cativo e solto, sou mel e no beijo descuidado, sou fel. 
E nesse momento absorto,
posso ser vendaval, posso ser porto...

Hoje amanheci metamorfose. Quero no vácuo da atmosfera 
transformar minhas rimas em asas, 
recitar as amarras poética tão desatenta ao lirismo
e na poesia nua percorrer as entrelinhas do “passionarismo”.

Hoje me fiz metáforas, antíteses, metonímias e hipérboles. 
Hoje me fiz vício, hoje me fiz licença! 
No ponto final dos versos quero apenas encontrar a alegria,
Entendendo que o amor, é coito na poesia.

Marly Bastos

30 comentários:

  1. oi minha querida,

    hoje você se fez Marly,
    deixando transparente a parede que nos separa,
    deixando acesa a luz do corredor,
    e a porta da sala entreaberta...
    adorei o que li!!!

    beijinhos

    ResponderExcluir
  2. tão xique, tão simples, tão básica e tão eufórica ... tão tudo.

    ResponderExcluir
  3. Olá!Boa tarde!
    Uau! Gostei!
    Que ritmo perfeito!
    Boa quarta!
    beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
  4. Ualll,fiquei imaginando agora você recitando essa poesia num teatro lotado,e ao término todos aplaudindo-a de pé!!!
    Parabéns lindinha!
    Bjus Aninha *-*

    ResponderExcluir
  5. Marly, hoje, entre o doce e o amargo, a balança tende para o equilíbrio.
    Doce beijo no coração.
    Manoel.

    ResponderExcluir
  6. Marly, arrasou! Tem dias em que estamos assim, dúbias, serelepes, metafóricas...Depois desses momentos é que geralmente nos redescobrimos. Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Plenamente despudorada e maravilhosa, Marly...VIVA!!!

    Beijinhos,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  8. Estou passando mais cedo para desejar um feliz final de semana.
    Meu fim de semana se Deus quiser será muito feliz e com certeza Deus quer.
    Na sexta se casa meu neto logo serei bisa que benção não é mesmo?
    Com alegria vendo minha terceira geração.
    Um lindo e abençoado final de semana.
    Fique com Deus e os carinhos meus.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  9. Nossa... hoje você se colocou entre o verso e o reverso! E que ritmo maravilhoso, lido avidamente. E que bom que de vez em quando podemos ter uns rompantes desses!
    Tente ficar mais nessa 'diferença'! Beleza.
    Beijão
    Tais

    ResponderExcluir
  10. Oi Marly,

    Tudo bem? Penso que o acordar diferente é a força motriz para se seguir em frente. Não parece fácil ou usual, mas o único caminho real porque é lá que o coração se suporta.

    Maravilha!

    Beijos.

    Lu

    ResponderExcluir
  11. Mamãe... voce é a melhor em amanhecer sererepe!!! Amo voce...
    INHACKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  12. Adoreeeeeeiii, Marly! Adorei... intensidade é a palavra que cabe aqui, tanto para vc quanto para sua poesia!

    Então você aproveitou o feriado do melhor jeitinho que há, né!? Fazendo nadica de nada!!! É bom pra deixar a cabeça e o corpo leeeeve, de vez em quando... descanso total!

    Como vc, tbem desejaria mais feriado... independente da quantidade, eles sempre nos causam essa sensação de que é necessário mais... rs

    Beijinhos e ótimo retorno ao trabalho.

    ResponderExcluir
  13. guauu, um poema com o coração na mão, hoje você teve um dia ondulado, se todas nós sentimos asi às vezes. Realmente gosto mucho. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  14. Estranho... você recebeu meu comentário? no sé, não que isso aconteceu ....
    Eu disse que todas nós nos sentimos assim às vezes, con dias ondulantes. Un poema precioso. Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Oi, Gostei...mas hoje quem está "down" sou eu...
    Bj
    BS

    ResponderExcluir
  16. Ah! Esta é a Marly que conheço. Nada como um dia após o outro (...e uma noite no meio)

    Lindo seu acordar!

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Uauuuuuuuu...menina que é isso...que texto hein! Maravilhoso! Gostei muito, tem dia que também sou assim, outros bem pacata tipo deixo me levar. Mas o meu maior exercício é aprender a calar e ouvir mais. bjim e lindo restinho de semana .

    ResponderExcluir
  18. Brilhante! Desta vez você desfez toda a tristeza do post anterior, nada como um dia após o outro, nada como recomeçar e deixar as amarguras para trás, nada como assumir uma atitude determinada, mas para si mesma e não para outros. Parabéns, foi realmente do reverso ao verso.

    ResponderExcluir
  19. Você é sempre intensa e admirável nessa espontaneidade contagiante. Gostei do "serelepe", pois a vejo saltitante entre as emoções e a vida.
    Um jeito de despertar especial e cheio de possibilidades. Lindo! Bjs.

    ResponderExcluir
  20. hummmm...

    de um modo bem sublime, poético, você hoje está em frente de dois espelhos sendo que um é o "sim" e o outro é o "não". ora se vê num, ora se vê noutro e assim, vão "desabando" as palavras.

    em cada post há surpresa!


    a...té

    ResponderExcluir
  21. Parabéns por este belo espaço muito bom sentir teus textos, são muito suaves de se ler, parabéns pelo belo blog, já estou seguindo e voltarei mais vezes, eu escrevo alguns versos e te convido pra fazer uma visita http://joselito-expressoesdaalma.blogspot.com ficaria feliz com a sua visita ao meu humilde espaço.

    ResponderExcluir
  22. Nossa, Marly, que show!

    Você é demais!

    Este salto da imagem chegou a me arrepiar (rsrsrsrsrs).
    Suas poesias estão sempre de saltos altos, pois são sempre intensas e
    elegantes.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Que essa alegria do seu post contagie a todos nós. Está uma coisa de superação pura. Forte !
    Antes de tudo, gostaria de agradecer as visitas que sempre faz ao meu canto. As vezes é tão dificil retribuir ,ainda mais nessa fase da minha vida, que tenho trampo,estagio, inglês,projeto pessoal e namoro. O tempinho que tenho de net anda tão escasso que tudo que posso fazer por meus amigos é comentar e visitar os blogs quando posso. Mas eu ja disse isso antes né ?
    De qualquer maneira obrigado. volto sempre !

    OBs: Adorei seu comentário no ultimo texto.

    ResponderExcluir
  24. Olá Marly querida

    Que delícia de texto...
    Amei!!!

    "Hoje amanheci metamorfose."

    Penso isso quase todos os dias quanto acordo....rs

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  25. OI MAZINHA..VOCE PODE TUDO....É PODEROSA...ASSIM QUE TE VEJO...[

    BEIJOS....

    ResponderExcluir
  26. Oi MARLY,

    e o resultado foi simplesmente notável.

    Aliás, em qualquer versão, você continua sendo um das minhas blogueiras preferidas.

    Afinal, não vim a esta vida à passeio e encaro com muita seriedade toda as possibilidades de crescimento interior.

    E aqui eu cresço!

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  27. Entendendo que o amor, é coito na poesia.Perfeito...é isso mesmo ...Seu despertar nos encantou...bjs

    ResponderExcluir
  28. "Entendendo que o amor é coito na poesia"!
    Que maravilha de frase! Uma frase onde tudo se condensa... em que tudo está explicado... e sentido!
    Adoro essa forma linda de entender a vida e o que (no plano sentimental) ela tem de mais sublime: o amor!

    Beijos e mais beijos.

    ResponderExcluir
  29. Nem todos os dias são iguais, nem todos os dias estamos com o mesmo estado de espírito...

    Encantadora sempre é a foram como vc escreve!

    Bjs

    ResponderExcluir

Se leu-me até aqui, deixe uma palavreseadinha aqui [blogueiros adoram comentários rsrs]