Total de visualizações de página

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

ENVIESADA


Sim eu sou mulher!
E às vezes me sinto condensada dentro de um frasco de poesia
ou espremida num saco de incertezas.
Sou de parir lágrimas de amor, 
mas também sei cultivar um espinhal que fere doído. 
Eu sou mulher e por isso lacuno meus medos,
deixo meus desejos navegarem sem fronteira
e sou capaz de ocultar as chagas das tristezas que a vida impõe. 
Confabulo um chamego e um cafuné, e me deixo transbordar de amor. 
Às vezes sou gata no cio, que exige, que arranha e que toma tudo...
 Ou gata dengosa que só quer aconchego, espreguiçar languidamente
e ficar observando o mundo com olhar profundo.
E me dou ainda ao prazer de ser gata felina, 
que vai à caça, e luta pelo rato de cada dia.
Sou contradição, sou lógica!
Sorrio chorando, choro sorrindo.
Sou suave mesmo num vendaval 
ou furiosa como um bouquet de rosas vermelhas.
Vivo loucuras sentidas e despudoradas,
também sou formada de verdades benditas,
 palavras edificantes e carícias curadoras.
Sou sim, capaz de esfaquear verdades, arrancar pedaços de mentiras,
costurar sentimentos no tempo e lamber lentamente minhas tristezas.
Minhas palavras têm personalidade própria
e elas mostram que sou muito humana e deveras enviesada.
         Marly Bastos

30 comentários:

  1. Mil faces... e ainda assim única!
    Lindo
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Nós, mulheres somos cheias de contradições: "vivo loucuras despudoradas e também sou formada de verdades benditas";
    ...* *Somos a força* Deus nos deu o poder de dar "a luz*
    Somos carentes e seguramos todas as nossas carências para acariciar os que de nós dependem;
    obrigada por partilhar esse texto tão verdadeiro. Beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi querida,

    Isto é o que eu chamo de ser "A MULHER"!

    Belíssimo texto, amiga!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Belo texto, Marly!
    Você se despiu em palavras e sentimentos.
    Grande abraço, sucesso e grato pela visita!

    ResponderExcluir
  5. Oi Marly,

    nem sei qual destas mulheres elegeria.

    Mas pensando bem, essa que confabula um chamego e um cafuné, e se deixa transbordar de amor, parece de bom tamanho.

    Não, por favor, nenhum desdém com as outras, mas aprendi desde cedo que quem tudo quer nada tem, mais vale um pássaro na mão do que dois voando, farinha pouca meu pirão primeiro, estes ditados populares surrados e antigos mas, de uma completude admirável.

    E se souber fazer pão de queijo, então, nossa, aí com certeza, teriam deixado a porta do Olimpo aberta, Zeus estaria distraído e abraçado com o deus baco ou certamente, Afrodite poderia ter aprontado alguma com os dois.

    Estaríamos falando de uma deusa, sim!

    E qual das gatas?

    Difícil, também, mas bem baixinho Marly, deixe que eu lhe fale na Trompa de Eustáquio com voz de certeza e reconhecimento de que uma gatinha manhosa é tudo de bom!

    Fala sério.

    E se fui muito prolixo, perdoe mas, quando tenho que analisar e escolher qualquer um perfil de mulher, dentre as muitas contidas numa única mulher enviesada, fico mais perdido que cego em tiroteio.

    Esta vendo, outro ditado antigo e tão verdadeiro, só que deste eu tenho que me precaver, pois uma bala perdida, faria eu perder,também, o que já coloquei no meu saco de certezas, junto e misturado com o meu frasco de poesia que, escancaradamente, subtrai destes seus versos,mágigos, arrebatadores e sedutores!

    Quer que eu minta?

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  6. Talvez esse seja seu texto mais forte até hoje. Gostei desse "raio x" em palavras. Beijão.

    ResponderExcluir
  7. OLÁ! que texto bonito. Vc escreve palavras doces. Sou HOMEM, mas compartilho de quase todas as descrições que vc fez nesse post. Sou homem, mas também sou ENVIESADO, IGUAL A VC!
    --
    ABRAÇOS Fraternais!

    ResponderExcluir
  8. Olá Marly!
    Que linda expressão de ser e sentir!
    Expressar nosso Eu poético, literalmente falando, nem sempre é algo simples, na verdade não é simples. Parabéns Senhorita (Senhora?) dos cabelos do amor! Rs..^^
    Tenha uma ótima 5ªF!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Após ler esse post posso chegar na conclusão que tu é uma mulher incrível.
    Doce e alguns momentos mas feroz para se manter viva!

    Lindo post.

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde amiga,
    Venho lhe desejar uma linda semana coberta de muita paz e amor!
    Sua presença é muito importante em meu cantinho, por esta razão veio lhe agradecer o seu carinho de sua amável visita sempre.
    Assim que poder acesse o link
    http://www.mariaalicecerqueira.com/2012/01/degustacao-do-livro-vida-nossa-de-cada.html
    e leia a degustação do meu próximo livro! Vida nossa de cada dia!
    Obrigada de todo o coração!
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  11. oi minha querida,

    e ainda bem que temos essa pluralidade,
    que temos muitas faces em um só rosto,
    muitos desejos em um só corpo,
    e muitos sentimentos em um só coração...
    pelo jeito algo muito em comum, amiga,
    adoramos esse sexo feminino que chamamos ser mulher...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Uma análise interior muito bonita.
    Um passeio pelos sentimentos próprios, um desnudamento perante nós!
    Gostei imenso desta partilha através deste texto poético tão lindo!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Tudo isso e muito mais, bella!
    Que bem te desdobras e dobras e revelas e escondes para depois, numa curva te ofertares e numa reta te esgueirares, altiva, bela, poderosa, frágil, até ao teu infinito céu de mulher.
    Muito, muito lindo!
    Beijo

    ResponderExcluir
  14. Entendemos tão bem suas palavras, querida Marly... Continue sendo gata, rs. Beijos!!!

    ResponderExcluir
  15. Ma..ou seja..vc é mulher que se assume!!!!!

    Parabéns por se assumir. Amei a sua crônicA!!!

    ResponderExcluir
  16. E deveras linda!

    Marly, te acho linda! interiormente linda. Exteriormente linda!

    E poesia..toda poesia

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Enviesada, despudorada, agressiva, mas bem amada, porque és linda em todos os sentidos. Meu beijo.

    ResponderExcluir
  18. Marly, minha querida, que bom que agora consegui postar um comentário pra você. Há muito que não consigo sequer abrir seu blog, quiçá comentar. Além da saudade de vir aqui, ficou o medo de você achar que eu havia te esquecido. Sempre me lembro de ti e do quanto me agrada os teus escritos que me emocionam e por vezes me faz rir. Me embolo em gargalhadas quando me recordo daquele seu post em que você narra o "causo" do bife atirado contra a janela, rsrs... Qual foi mesmo o título daquele post? Adoraria fazer uma releitura. Ah! Se eu desaparecer de novo, não é por desídia, mas por problemas de conexão. Vai entender... Um abração pra ti!

    (Agora, vou tentar postar este comentário. Tomara que eu consiga...)

    ResponderExcluir
  19. Olá! Bom dia!
    Realmente, uma postura da mulher firme e forte, que assume!Porém, sensível como todas!
    Boa sexta!
    Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
  20. Por tudo que se atribuiu e pelo que já conhecemos de você, digo, tão somente, que é INTEIRA. Essas facetas fazem parte do caráter e assumi-las é atitude originada pela autenticidade. Não há reticências no seu modo de ser, está completa.

    Grande beijo

    ResponderExcluir
  21. Que linda sua poesia, Marly!
    Ela representa um pouco de cada mulher, com suas dissonâncias, suas dores e suas delpicias!
    Adorei mesmo!
    Um beijo querida!

    ResponderExcluir
  22. Opa Marly, vc hoje está brava... rsrsrsrs...

    Boa inspiração!

    Bjs e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  23. Uma mulher de fibra...beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  24. Definiu-se como se o pudesse fazer, julgou-se como se não o desejasse e finalmente regressa ao ponto de partida.
    Cada pessoa, homem ou mulher, são seres incompletos e em constante procura de si mesmos e das razões que os fazem relacionar-se com o mundo onde viemos.
    Cada um é como é. Vê-se como desejaria ser ou faz para ser mais completo dentro das linhas gerais.

    ResponderExcluir
  25. És mulher... e o teu poema é fantástico.
    Parabéns pela excelência das tuas palavras poéticas.
    Marly, querida amiga, tem um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  26. Bom dia, Marly. SAUDADES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! TE APLAUDO DE PÉ por cada verso forte, penetrante, por ter uma alma rasgada e sensível, imensamente forte e frágil, por saber que o tempo exige de você a cada hora uma faceta diferente, um personagem que você constrói e desenvolve maravilhosamente bem.
    Amo os seus poemas, ficai estarrecida com esse, tão belo, palavras que aninharam-se em seu coração, para serem depositada com carinho para a humanidade ver a preciosidade que existe em você!
    Parabéns é pouco!
    Um beijo imenso na sua bendita alma!
    Tenha um fim de semana repleto de muita paz!

    ResponderExcluir
  27. Marly, tão lindo que nem tenho capacidade para comentar. Só posso endossar tudo isso.
    Doce beijo no seu coração.
    Manoel.

    ResponderExcluir
  28. Um rápido Olá.
    Espero que esta pequena passagem em seu blog você encontra de boa saúde!
    Aqui não há medos, tem micróbios, depois de uma noite com -11 °, enquanto algumas partes da França, é de -20 °?, Não A neve esta manhã reapareceu, 25 centímetros, um veículo rolar. Estradas com neve e gelo, apesar do equipamento de Inverno de carros.
    Não importa, para que eu possa fazer-lhe uma visita.
    Eu não sou atualmente um monte de blogs, é verdade, a razão é que me preparar um monte de fotos, no Dia dos Namorados, ele me levar muito tempo, mas eu te enviarei antes daquele dia.
    Desejo-lhe um dia muito agradável
    beijos
    Chris

    http://nsm01.casimages.com/img/2009/02/26/090226104924505743218656.jpg

    ResponderExcluir

Se leu-me até aqui, deixe uma palavreseadinha aqui [blogueiros adoram comentários rsrs]