Total de visualizações de página

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

QUISERA EU...

Quisera eu,
Morar nesse teu olhar,
Aconchegar me nesse teu sorriso,
Ter teu nome tatuado na minha sombra,
Dilatar-me nos teus poros...


Quisera eu 
Viver contigo tempos perdidos,
Momentos sonhados e sonhos congelados...

Quisera eu,
Ser os suspiros que cortam tua respiração
Ser palavras esquecidas que se tornam tua canção
Ser a poesia dos teus versos resumidos,
Ser beijo para aliviar essa ruga que te vinca o semblante,


Quisera eu...
 Ser quase você.

Marly Bastos
PS: Para minha querida amiga Patricia Pina que pediu meus versos. Espero que essa você goste. 

Olha que chique, meu amigo Eduardo Munõz  do Blog "La vocal abierta! transcreveu essa poesia para o espanhol. Adorei a gentileza dessa pessoa que é pura fofura!


Quisiera yo,
Vivir en tu mirar
Abrigarme en tu sonrisa,
Tener tu nombre tatuado en mi sombra,
Dilatarme en tus poros…

Quisiera yo
Vivir contigo tiempos perdidos,
 Momentos soñados y sueños congelados…

Quisiera yo,
Ser los suspiros que cortan tu respiración,
Ser palabras olvidadas que se convierten en tu canción
Ser la poesía de tus versos resumidos,
Ser beso para aliviar esa arruga que marca tu semblante,

Quisiera yo... 
Ser casi tú.

*****Gostei tanto do seu poema que faço a tradução na minha língua, para você. Beijos bilingües, menina fofinha.
    Eduardo Muñoz

30 comentários:

  1. Marly... quisera eu!...


    Beijos!
    AL

    ResponderExcluir
  2. [A.S. e Lufe vocês quiseram isso também?? Que coincidência né? Nós queremos tão pouco...]

    ResponderExcluir
  3. todos os mundos que coleccionamos do lado de dentro e do lado de fora convergem para dar sentido ao que a gramática designa de pronome pessoal, primeira pessoa do singular.
    na impossibilidade de sê-los todos e todos ao mesmo tempo, desejemo-los, pois. quisera eu...
    beijinho, querida marly!

    ResponderExcluir
  4. Poderia sermos o outro nem que fosse por um instante, para descobrirmos os segredos que o fariam somente nossos, lindo poema, amei, beijos

    ResponderExcluir
  5. Marly
    Quisera eu ser só um pouquinho como vc!!!Adorei que vc tenha prontamente atendido à Patrícia pq também adoro as suas poesia lindas, sensíveis, super diretas, que entendo fácil da mesma maneira com que me tocam facinhoo, facinho!
    Lindo poema. Bjkas!

    ResponderExcluir
  6. "Dilatar-me nos teus poros..."

    Que delícia isso!!!

    Ser o que a pele do outro verte, derramar dele, de tão entranhada.

    Eu quero!

    =D

    Beijo, querida. Ótimo fds!

    ResponderExcluir
  7. Com muito carinho desejo um
    abençoado final de semana.
    Alegria ,saúde e paz no coração.
    Bjs,De paz e luz.
    Evanir

    ResponderExcluir
  8. Quisera eu poder realizar tudo isso com meu amado amiga, quisera eu ;)

    Um beijo lindona e um fim de semana mágico para nós.

    ResponderExcluir
  9. Marly,
    lindo!
    ... quisera eu ser quase você que é quase eu.

    Quando temos sentimentos profundos por alguém, se existe o compartilhar, mesmo que à distância, ficamos um pouco em cada um.

    Se não existe o compartilhar..., nos resta, apenas:
    "quisera eu..."

    Beijinhos e ótimo fim de semana para ti!

    ResponderExcluir
  10. Quisiera yo,
    vivir en tu mirar
    abrigarme en tu sonrisa,
    Tener tu nombre tatuado en mi sombra,
    dilatarme en tus poros…
    Quisiera vivir contigo tiempos perdidos,
    momentos soñados y sueños congelados…
    Quisiera yo,
    ser los suspiros que cortan tu respiración,
    ser palabras olvidadas que se convierten en tu canción
    ser la poesía de tus versos resumidos,
    ser beso para aliviar esa arruga que marca tu semblante,
    Quisiera yo ser casi tú.


    Menina,
    Gostei tanto seu poema que faço a tradução a minha lingua, para você.
    Beijos bilingües, menina fofinha.

    ResponderExcluir
  11. "Quisera eu ser quase você". Seria bom demais,
    Marly! Quisera eu!
    Poema encantador.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Que lindo isso!

    Os quereres que o amor desperta, são tão lindos. Sua forma poética de descreve-los é ainda mais linda.

    Beijos Marly

    ResponderExcluir
  13. Oi querida amiga Marly Bastos, o anônimo sou eu, Germano, o pai do BOLINHA. Adorei seu recadinho. Nosso povo vai sendo feito de palhaço quando não é pelo governo é pela rede globo. Só dei dinheiro uma única vez para o Leão esperança, depois que recebi essa mensagem, há anos, parei com isso. Quanto ao BBB jamais liguei para eles. Meu dinheiro eles não levam. Um grande beijo e um querido au au enviado pelo cachorro mais inteligente do nosso motor home. Um ótimo final de semana. FIQUE COM DEUS. Não fique muito nervosa amiga.
    Germano e Bolinha.

    ResponderExcluir
  14. Uma afinidade presente, os meus parabéns. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  15. Nuestro poeta Eduardo es un genio, todo talento cuando escribe, además maravillosa persona. Celebro que haya traducido al castellano tu valioso poema.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  16. Olá, Marly. Belo!Olha marly, quisera eu realizar esse sonho amiga. Creio que seja o sonho de muita gente. Adorei! Muita sensibilidade.. bjos e lindo fim de semana!

    ResponderExcluir
  17. Menina fofinha e tagarela,
    Eu voltei (sempre volto á seu lado...)pra dizer: Obrigado, é uma surpresa encontrar minha tradução no seu site. Espero que os profissionais não fiquen enfadados conmigo...:) :)
    Beijos e fim de semana refrescante pra você.

    ResponderExcluir
  18. Oi Mazinha...

    Lindo poema... e traduzido para o espanhou ficou ainda mais charmoso...

    Quisera eu ter um pouquinho do talento dos poesta
    que conseguem traduzir em palavras belas seus sentimentos..quisera eu..

    ResponderExcluir
  19. Sou amiga de Eduardo e a encontrei e a vim visitar e encontrei este poema e esse pedido de realizar um sonho e de esse sonho se tornar realidade e adorei...

    Um abraço terno,

    Maria luísa

    ResponderExcluir
  20. Me esqueci, mas escrevo poesia no :

    http://os7degraus.blogspot.com

    Maria Luísa

    ResponderExcluir
  21. Quantos desejos do coração contidos nesses versos!
    Muito lindo, como sempre Marly!

    Um beijo em seu coração..
    Verinha

    ResponderExcluir
  22. Quisera eu, escrever com tanta emoção.
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  23. Uma tradução que nos faz interiorizar ainda mais o poema!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  24. BOA TARDE
    QUERIDA MARLY

    "A força interior é como um raio de luz
    que torna a vida cada vez mais brilhante,
    quanto mais se busca no íntimo,
    tudo se torna mais claro.
    Pois é ela que ilumina e alegra nossa vida."

    Final de semana perfeitinho!!!

    ResponderExcluir
  25. Quem não? Também "quisera eu"!

    Muito bom..[]s

    ResponderExcluir
  26. Uiii...quisera eu, também! rs
    Lindo Marly! :)
    Bjokas

    ResponderExcluir
  27. Amiga, obrigada pela atenção!Eu não havia visto essa postagem, por isso não havia comentário meu, é claro!
    Linda demais a poesia, como disse a Lena, são fáceis de entender.
    Você é maravilhosa!
    Na minha opinião, é a sua veia a poesia!
    Sinto que quando escreve desse jeito, torna-se mais poderosa, com um domínio doce em ti!
    Amiga, o seu querer é divino, é profano, é ventania e calmaria ao mesmo tempo!
    O seu querer é tão lindo quanto você!
    Obrigada mais uma vez!
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  28. Nossa,tanto em português como em espanhol,o poema ficou maravilhoso!!!

    ResponderExcluir

Se leu-me até aqui, deixe uma palavreseadinha aqui [blogueiros adoram comentários rsrs]