Total de visualizações de página

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

CONJECTURAS


Quanto mais vivo, mais morro!
Assim, a vida vai passando,
No passar do tempo,
E o tempo se acabando!

Ás vezes a tristeza vem,
E logicamente a alegria vai...
Mas se faço do amor um refém,
As agruras da alma sai!

No duplo sentido da palavra liberta,
Não vejo sentido nenhum.
Real, é somente a realidade incerta,
Vida que só contempla algum.

A marca de cada encontro,
Nos encontros sem hora marcada.
A vida vazia no vazio pronto,
Viva esperança, com a morte atrelada!

Marly Bastos

12 comentários:

  1. Minha querida

    Começamos a morrer no dia em que nascemos, por isso temos que aproveitar cada momento.
    Um poema muito profundo que adorei ler.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  2. Todos esses antagonismos são as faces da vida: tristeza, alegria, agruras, amor...
    Lindo poema de quem bem sabe viver e conviver com todas essas facetas!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Você a cada dia escreve melhor! Linda poesia! Beijos!

    ResponderExcluir

  4. Olá queridoca,

    Um poema bem interessante em sua construção.
    Diferente um pouco do usual, mas refletindo a mesma beleza e talento.
    Se eu ficar aqui conjecturando sou capaz de 'pirar', já que não tenho habilidade para transformar conjecturas em versos.-rs
    Adorei!

    Observei, enquanto lia, que estava na mesma posição desta estátua da imagem, olhando para a tela do computador-rsrs.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  5. Arrasou viu estava pensando em algumas coisas que escreveu estes dias mesmo e achei profundo quando começa:

    Quanto mais vivo, mais morro!

    ResponderExcluir
  6. Bom dia

    A morte é irmã da vida. Nunca a vamos conhecer mas ela existe. Não devemos ter receio dela, nem pensar nela, pois se ninguém a conhece, não se sabe se é bela ou feia
    Assim vivamos a vida que é linda e bela, embora como o dia e a noite, tenha pequenas fases de sol, negrura, luar, chuva ou vento. Tudo isso faz parte da vivância que o ser humano deve ultrapassar e só assim se sentirá vivo

    Poema lindíssimo feito na base de contrastes muito bem esquematizados

    Fique feliz
    ******************************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Marly.. perfeitinha a sua poesia e encontrei nela duas rimas que nunca usei.. encontro e pronto.. por isso que poesia é poesia e olha que tudo que tenho é rimado.. e ainda assim tem coisas que nunca usei.. bem sobre tua poesia tem o assunto que eu adoro muito falar.. essa parte da vida e do ´pos vida. que a gente ainda não sabe direito o que faz aqui.. uma confusão entre alegria e tristeza amor e dor.. a gente tem que buscar neutralidade em tudo e não deixarmos as emoçoes mandarem e controlarem nosso ser.. te desejo um lindo dia e adorei seu comentário rsrs eu e as minhas loucuras , mas acho legal poder abordar um pouco de tudo.. só feijão com arroz enjoa né rsrs não sei se já te falei a única coisa que não perco meu tempo para escrever é sobre politica porque se eu me emtesse nisso quem ia pra cadeia era o poeta não os corruptos pq ia sobrar pra toda aquela gambada lá rsrs bjs

    ResponderExcluir
  8. "No entanto, o intemporal em vós sabe
    da intemporalidade da vida.
    E sabe que ontem é apenas a memória de hoje
    e o amanhã é o sonho de hoje."
    Khalil Gibran in O Profeta.


    beijo

    ResponderExcluir
  9. Totalmente perfeita,as tuas letras são vivas porque a única verdade para se viver o dia a dia é a chegada daquela onde tudo termina..

    Amei seu blog suas letras...Verdade parabéns

    ResponderExcluir
  10. Sensacional! Eu ás vezes me perco nos vazios e pronto!
    Beijinhos, minha querida!

    ResponderExcluir
  11. Parabens por blog, lindo. Abraços

    ResponderExcluir
  12. E assim vamos nós, vivendo e morrendo a cada dia. Alegria e tristeza se alternam nos movimentos do tempo, que não nos pertence. E dançamos ritmos diferentes, dependendo da situação. Muito belo seu poema. Bjs.

    ResponderExcluir

Se leu-me até aqui, deixe uma palavreseadinha aqui [blogueiros adoram comentários rsrs]